Rate this post

Os espaços de recordação desempenham um papel crucial nos lares de idosos, oferecendo aos residentes um local especialmente concebido para estimular as suas memórias e encorajar a partilha de experiências. Neste artigo, vamos explorar a importância de criar um canto de reminiscência num lar de idosos e fornecer dicas e ideias para criar um espaço de reminiscência envolvente e reconfortante. Quer seja um membro do pessoal do lar, um familiar ou um prestador de cuidados, estas sugestões ajudá-lo-ão a criar um ambiente propício à evocação de memórias e à ligação emocional dos residentes.

 

A importância de criar um espaço de reminiscência

 

Criar um espaço dedicado à reminiscência num lar de idosos tem muitas vantagens para os residentes. Isto permite-lhes reviver momentos passados, partilhar memórias e reforçar o seu sentido de identidade. A criação de um canto de reminiscências também pode promover o bem-estar emocional dos residentes, oferecendo-lhes um local para relaxar e partilhar, onde se sintam seguros e compreendidos.

 

Conselhos para criar um espaço de memória

Criar uma atmosfera calorosa e acolhedora

Ao criar um canto de recordações, é essencial criar uma atmosfera calorosa e acolhedora. Utilize cores suaves, iluminação suave e texturas confortáveis para criar uma atmosfera propícia ao relaxamento e à reflexão.

 

Utilizar elementos visuais estimulantes

Os elementos visuais desempenham um papel crucial na estimulação da memória. Exponha fotografias de época, imagens de acontecimentos históricos ou paisagens familiares para ajudar os residentes a mergulharem no passado. Também pode criar quadros de avisos temáticos para incentivar o debate e o intercâmbio.

Integrar objectos tangíveis

Os objectos tangíveis podem ser poderosos na evocação de memórias. Acrescente objectos de época, como mobiliário, vestuário, brinquedos ou ferramentas, que possam ser manuseados e observados pelos residentes. Isto permite-lhes voltar a ligar-se a experiências sensoriais e estimular as suas memórias de uma forma mais concreta.

 

Oferecer espaços para relaxar e partilhar

Para além dos elementos visuais e tangíveis, certifique-se de que cria espaços para relaxar e partilhar. Disponibilize poltronas confortáveis, mesas para trabalhos manuais e áreas de conversação. Incentive os residentes a sentarem-se, a descontraírem-se e a partilharem as suas memórias uns com os outros.

 

Ideias para um cantinho das recordações

 

Temas nostálgicos

Escolha temas que evoquem períodos de tempo específicos, como os anos 1950 ou 1970. Decore o espaço com objectos representativos dessas épocas, como posters de filmes populares, discos de vinil ou acessórios de moda. Isto ajudará a criar uma atmosfera imersiva e estimulante para os residentes.

E-memórias

 

O E-memórias é uma aplicação que lhe permite trabalhar com as suas próprias memórias. É possível encontrar imagens organizadas por década. As imagens têm muitas vezes mais impacto do que as palavras. As pessoas que normalmente não falam ou partilham muito podem também abrir-se e falar sobre as suas experiências quando confrontadas com imagens que são importantes para elas.

Também é possível adicionar imagens personalizadas, com memórias específicas relacionadas com a experiência da pessoa. Pode adicionar as suas fotografias ou as fotografias da sua família.

.

esouvenirs, uma aplicação em comprimidos para reminiscência

Áreas interactivas

Inclua actividades interactivas no espaço de reminiscência, como puzzles, jogos de tabuleiro ou estações de audição de música. Estas actividades permitem que os residentes se envolvam ativamente, se divirtam e partilhem memórias comuns.

 

Jardins da memória

Criar um pequeno jardim de memórias onde os residentes possam passear, admirar as plantas e recordar memórias ligadas à natureza. Acrescente plantas aromáticas ou flores com cheiros familiares para estimular os sentidos e suscitar conversas.

 

Muro de recordações

Crie um mural de recordações onde os residentes possam expor fotografias, postais, cartas ou outras recordações pessoais. Isto encoraja a expressão individual e permite aos residentes partilhar as suas histórias e experiências de uma forma tangível.

 

Actividades estimulantes para um cantinho da memória

 

Sessões de discussão em grupo

Organizar regularmente sessões de discussão em grupo no canto da reminiscência. Escolha temas que sejam relevantes para os residentes, tais como memórias de infância, acontecimentos históricos ou viagens. Incentivar os residentes a partilharem as suas experiências e memórias pessoais. Estes debates incentivam o intercâmbio e permitem que os residentes se liguem uns aos outros através de histórias partilhadas.

 

Actividades artísticas

A arte é uma forma poderosa de exprimir emoções e estimular memórias. Organizar sessões de arte no canto das recordações, como pintar, desenhar ou fazer colagens. Fornecer diferentes materiais artísticos adaptados às capacidades dos residentes e incentivá-los a criar obras que representem as suas memórias e experiências. Isto incentiva a criatividade e permite aos residentes comunicar visualmente as suas histórias.

 

 

Musicoterapia

A música é uma forma poderosa de despoletar memórias e emoções. Organize sessões de musicoterapia onde os residentes podem ouvir música de diferentes épocas ou participar em actividades musicais como cantar ou tocar instrumentos simples. A música cria uma atmosfera agradável e pode ajudar a evocar memórias associadas a canções ou melodias específicas.

arteterapia

 

 

Actividades culinárias

O olfato e o paladar estão intimamente ligados à memória. Organizar actividades culinárias em que os residentes possam preparar e provar pratos ou sobremesas tradicionais. Escolha receitas que recordem memórias de infância ou momentos especiais da vida dos residentes. A experiência culinária pode suscitar conversas animadas e reavivar memórias de momentos partilhados à volta da mesa.

arteterapia

Exibição de filmes ou documentários

Organizar projecções de filmes ou documentários sobre épocas passadas ou acontecimentos históricos. Escolha filmes adequados aos interesses e preferências dos residentes e planeie tempo para discutir o filme depois. Os filmes podem despoletar memórias, debates e trocas de histórias pessoais entre os residentes.

A criação de um canto de reminiscências num lar de idosos é uma iniciativa valiosa para promover o bem-estar emocional e a realização dos residentes. Ao proporcionar um espaço especialmente concebido para estimular memórias e encorajar experiências partilhadas, cria-se um ambiente onde os residentes se sentem compreendidos, ligados e valorizados. Ao utilizar uma combinação de actividades estimulantes, tais como sessões de discussão em grupo, actividades artísticas, musicoterapia, actividades culinárias e projecções de filmes, oferece aos residentes oportunidades variadas para recordar, divertir-se e estabelecer relações entre si. Adaptado às necessidades individuais dos residentes, um canto de recordações pode tornar-se um espaço precioso que enriquece a sua experiência num lar de idosos.

 

Carmen, a sua treinadora de memória

Carmen é uma aplicação com mais de 30 jogos cognitivos para trabalhar todas as funções cognitivas, como a memória, a atenção, a linguagem e a lógica. Com três níveis de dificuldade, cada um pode treinar ao seu próprio ritmo, sem se deixar desmotivar.

Os jogos são culturais, por isso, ao jogar, estará a revisitar memórias da sua vida, das suas experiências e da sua juventude. Tudo graças a jogos divertidos como música, receitas culinárias, história, conhecimentos gerais…

Utilizar as suas memórias é a forma mais eficaz de trabalhar a sua memória, para além de ser a mais motivadora.

jogo de memoria para persona alzheimer carmen

Outros artigos que lhe possam interessar: