Rate this post
A importância da clareza mental na nossa vida quotidiana não pode ser subestimada. Dois conceitos-chave, a atenção e a concentração, desempenham um papel crucial na nossa capacidade de funcionar eficazmente. Mas o que é que distingue realmente a atenção da concentração?

A atenção é frequentemente vista como a capacidade de dirigir conscientemente recursos cognitivos para um determinado estímulo. Funciona como um projetor mental, permitindo que a nossa mente se concentre num elemento específico entre a multiplicidade de informações que nos rodeiam.

 

Os diferentes tipos de atenção

A atenção, enquanto processo cognitivo complexo, apresenta-se sob diversas formas, cada uma com implicações distintas na forma como percepcionamos e processamos a informação que nos rodeia. Existem vários tipos de atenção, como a atenção selectiva, a atenção sustentada e a atenção dividida. Cada um destes aspectos desempenha um papel único na nossa capacidade de processar a informação de forma eficaz.

atenção_à_tabela

Atenção sustentada

 

A atenção sustentada refere-se à capacidade de manter uma concentração prolongada numa tarefa específica sem se distrair. É crucial em actividades como a leitura, a resolução de problemas complexos ou a realização de trabalhos que exijam uma concentração prolongada.

 

Factores que influenciam a atenção sustentada

A fadiga, o nível de motivação e o ambiente podem influenciar a nossa capacidade de manter uma atenção sustentada. A compreensão destes factores é essencial para otimizar o nosso desempenho em tarefas exigentes.

Atenção selectiva

 

A atenção selectiva permite-nos concentrar os nossos recursos mentais num estímulo específico, ignorando outros estímulos no nosso ambiente. É isto que nos permite acompanhar uma conversa num ambiente ruidoso ou concentrarmo-nos numa tarefa apesar das distracções.

 

O fenómeno das festas de cocktail

O fenómeno da “Cocktail Party” ilustra a atenção selectiva, em que uma pessoa pode concentrar-se numa determinada conversa, mesmo num local com muita gente e com muitas discussões em curso.

Atenção dividida

 

A atenção dividida ocorre quando tentamos concentrar-nos em várias tarefas ao mesmo tempo. Ao contrário da atenção selectiva, que se concentra num elemento de cada vez, a atenção dividida exige que dividamos os nossos recursos mentais entre várias actividades.

 

A multitarefa e os seus limites

Embora a sociedade moderna encoraje frequentemente a realização de múltiplas tarefas, os estudos sugerem que isso pode levar a uma redução da qualidade da atenção prestada a cada tarefa individual. Compreender os limites da atenção dividida é crucial para otimizar a nossa eficácia.

 

Gestion Du Temps Tester Sa Concentration, DYNSEO

Atenção executiva

 

A atenção executiva está envolvida na gestão de processos mentais superiores, como o planeamento, a tomada de decisões e a resolução de problemas. Desempenha um papel essencial na regulação do nosso comportamento de acordo com os objectivos estabelecidos.

 

O papel da atenção executiva na vida quotidiana

Actividades como o planeamento de projectos, a resolução de problemas complexos e a tomada de decisões dependem da atenção executiva. O reforço desta forma de atenção pode melhorar a nossa capacidade de lidar eficazmente com os desafios da vida quotidiana.

Ao compreender estes diferentes tipos de atenção, estamos mais bem equipados para desenvolver estratégias para melhorar as nossas capacidades cognitivas e otimizar o nosso desempenho em várias situações.

 

Compreender a concentração

 

A concentração, por outro lado, envolve a capacidade de manter um elevado nível de atenção numa tarefa específica durante um período prolongado. É um estado mental em que a mente mergulha profundamente numa atividade, eliminando as distracções.

tabela_concentração

Factores que influenciam a concentração

 

Factores como o ambiente, a motivação e a fadiga podem influenciar a nossa capacidade de manter uma concentração óptima. A compreensão destas variáveis é essencial para melhorar o nosso desempenho cognitivo.

 

Interligações

Embora distintas, a atenção e a concentração estão intimamente ligadas. Uma boa atenção pode abrir caminho para uma concentração profunda, enquanto a concentração sustentada depende frequentemente de uma gestão adequada da atenção.

 

Técnicas para melhorar a atenção e a concentração

Práticas como a meditação, a gestão do tempo e a pausa consciente podem ajudar a reforçar a atenção e a concentração.

 

Exemplos concretos que ilustram a diferença entre atenção e concentração

1. Ler um livro (atenção sustentada vs. concentração)

  • Atenção sustentada: Quando está a ler um livro emocionante, a sua capacidade de manter a atenção sustentada permite-lhe ficar imerso na história sem ser constantemente distraído por pensamentos exteriores.
  • Concentração: No entanto, a concentração entra em jogo quando se mergulha profundamente na leitura, esquecendo a passagem do tempo. O utilizador é totalmente absorvido pelo conteúdo, eliminando as distracções para uma imersão total.

 

2. Reunião no trabalho (Atenção selectiva vs. concentração)

  • Atenção selectiva: Numa reunião ruidosa, a sua capacidade de atenção selectiva permite-lhe concentrar-se na voz do apresentador, apesar do ruído ambiente.
  • Concentração: A concentração entra em jogo quando, mesmo no meio da agitação, se consegue mergulhar profundamente na discussão, analisando a informação e dando um contributo significativo para a reunião.
Espaço de trabalho

3. Multitarefa (atenção dividida vs. concentração)

  • Atenção dividida: Ao responder a e-mails enquanto participa numa reunião virtual, a sua atenção dividida permite-lhe fazer malabarismos com as tarefas, mas isso pode levar a uma perda de profundidade em cada atividade.
  • Concentração: A concentração ocorre quando nos isolamos para trabalhar numa tarefa específica, eliminando as distracções e mergulhando totalmente no trabalho para obter resultados de qualidade.

 

4. Resolução de problemas (atenção executiva vs. concentração)

  • Atenção executiva: Quando planeia resolver um problema complexo, a sua atenção executiva está a trabalhar, coordenando os diferentes passos e estratégias necessários para atingir o seu objetivo.
  • Concentração: Uma vez estabelecida a estratégia, a concentração entra em ação quando se aborda o problema, eliminando as distracções para se mergulhar totalmente na procura de soluções.

Estes exemplos mostram como a atenção e a concentração interagem em vários contextos do quotidiano, realçando a natureza complementar destes processos mentais essenciais.

 

Testemunho de um neuropsicólogo sobre o trabalho de atenção e concentração

Como neuropsicóloga, vejo diariamente o impacto significativo que o treino da atenção e da concentração pode ter no bem-estar mental e no desempenho cognitivo. Eis como oriento os meus pacientes para melhorarem estes aspectos cruciais da função cognitiva.

“Ao longo da minha carreira, trabalhei com muitas pessoas que procuravam otimizar as suas capacidades mentais, quer para ultrapassar desafios específicos, quer simplesmente para melhorar a sua qualidade de vida. Uma abordagem fundamental que defendo é o desenvolvimento equilibrado da atenção e da concentração.”

**1. Compreender os diferentes tipos de atenção :

“O meu trabalho começa frequentemente por educar os meus doentes sobre os diferentes tipos de atenção. Em conjunto, exploramos a atenção sustentada, selectiva, dividida e executiva. Cada um destes aspectos desempenha um papel único na nossa vida quotidiana, e compreender estas nuances é fundamental para um treino eficaz.”

**2. Praticar a atenção plena :

“A atenção plena é uma técnica poderosa para desenvolver a atenção. Oriento os meus doentes através de exercícios de meditação e respiração para os ajudar a cultivar a presença mental. Isto serve como uma base sólida para melhorar a capacidade de manter a atenção sustentada numa variedade de situações.”

**3. Exercícios de concentração :

“Para reforçar a concentração, trabalhamos com exercícios específicos. Isto pode envolver tarefas complexas que requerem uma imersão total, sessões de trabalho sem distracções ou jogos cognitivos centrados no reforço da concentração em detalhes específicos.”

**4. Integração na vida quotidiana:

“O treino da atenção e da concentração não deve ser visto como uma tarefa separada, mas sim como uma integração na vida quotidiana. Encorajo os meus pacientes a aplicar estas técnicas nas suas actividades habituais, seja no trabalho, em casa ou mesmo nos tempos livres.”

“Em última análise, ver os meus pacientes a desenvolver uma maior clareza mental, concentração e resiliência mental é uma fonte constante de inspiração. Ao trabalhar a atenção e a concentração, abrimos caminho para melhorias significativas na qualidade de vida e na realização pessoal.”

 

Trabalhar a concentração e a atenção na vida quotidiana

 

1. Técnicas práticas para melhorar a concentração

Exemplo 1: A técnica Pomodoro

O método Pomodoro, baseado em intervalos de trabalho concentrado intercalados com pequenas pausas, é uma abordagem eficaz para treinar a concentração. Ao dedicar 25 minutos a uma tarefa específica, seguidos de uma pausa de 5 minutos, mantém a sua mente fresca e concentrada.

Exemplo 2: Eliminar as distracções

É fundamental identificar e eliminar as distracções do seu ambiente de trabalho. Quer se trate de colocar o telemóvel no modo silencioso, de utilizar ferramentas para bloquear aplicações durante períodos específicos ou de criar um espaço de trabalho tranquilo, estes ajustes podem melhorar significativamente a concentração.

Espaço de trabalho

2. Exercícios para desenvolver a atenção

 

Exemplo 1: Mindfulness nas actividades diárias

Integrar a atenção plena nas actividades quotidianas, como comer ou caminhar, é uma forma prática de desenvolver a atenção. Ao prestar atenção consciente aos pormenores, sensações e experiências do momento presente, reforça a sua capacidade de se manter totalmente empenhado.

 

Exemplo 2: Jogos de estimulação cognitiva

Os jogos cognitivos, como puzzles, charadas ou aplicações especialmente concebidas, podem ser exercícios divertidos que estimulam a atenção. Ao integrá-los na sua rotina, oferece ao seu cérebro desafios que favorecem o desenvolvimento da concentração.

3. Fernando, o teu treinador cerebral

 

Fernando, o seu treinador cerebral, é uma aplicação inovadora concebida para otimizar o seu potencial cognitivo. Combinando exercícios cientificamente validados para melhorar a atenção e a concentração, Fernando oferece uma abordagem personalizada com base no progresso individual. Quer se trate de uma sessão rápida durante uma pausa para café ou de uma formação mais aprofundada, o Fernando adapta-se ao seu horário e às suas necessidades específicas.

Com Fernando, pode acompanhar o seu desempenho ao longo do tempo, receber conselhos personalizados e descobrir uma variedade de exercícios para trabalhar especificamente os aspectos da atenção e da concentração que lhe interessam. Transforme a sua rotina diária numa oportunidade constante de melhoria cognitiva com a ajuda do Fernando, o seu treinador cerebral.

Programa Joe

A Invasão Mole

 

Toque nos 3 tipos de toupeiras de acordo com as instruções no ecrã.

Com este jogo, estimula-se, antes de mais nada, a atenção.

A pessoa deve usar a capacidade de digitalização visual para localizar rapidamente as toupeiras. Ela tem então de analisar a imagem para descobrir qual a toupeira que aparece no ecrã. Finalmente, deve associar o tipo de toupeira com a acção a ser tomada.

talpe-riflessi-identificazione-Roberto-giochi-cognitivi-allenamentocerebrale-tablet-stimolazione-cervello-adulti-anziani
Esta associação implica, portanto, uma adaptação à instrução. A pessoa é solicitada a activar ou inibir o seu gesto de acordo com diferentes estímulos: tocar uma vez as toupeiras sem capacete e tocar duas vezes as toupeiras com capacete, ou não tocar as toupeiras com os óculos.

Estacionamento em Público

 

Deslocar os carros no parque de estacionamento para tirar o carro amarelo.

Com este jogo pode estimular todas as funções cognitivas que são essenciais para recuperar a independência.

estacionamento-cum-logic-movimento-jogos-cognição-formação-formação-cerebrais-estimulação-cérebro-estimulação-adultos-seniors
A pessoa tem de usar as capacidades de percepção visual para analisar a posição dos carros, o seu tamanho e orientação, a fim de os deslocar. Depois ela tem de criar imagens mentais para imaginar os possíveis movimentos dos carros e as suas consequências.

Além disso, ao resolver o puzzle e ao encontrar a sequência certa de movimentos para tirar o carro amarelo, está também a estimular a concentração e o planeamento.

Tolos voadores

 

Neste jogo, o jogador tem de contar os balões que passam no ecrã, seguindo as instruções dadas.

Haverá vários balões de cores diferentes e ele terá de contar os balões de uma só cor.

Por conseguinte, terá de separar os estímulos importantes (os balões da cor certa) dos estímulos que distraem (os balões da cor errada).

estacionamento-cum-logic-movimento-jogos-cognição-formação-formação-cerebrais-estimulação-cérebro-estimulação-adultos-seniors

TREINAR COM O SEU TREINADOR CEREBRAL FERNANDO

Fernando, o seu treinador cerebral

Fernando é uma aplicação com mais de 25 jogos para estimular as funções cognitivas. Cada jogo tem 3 níveis de dificuldade para que possa adaptar a actividade às suas capacidades e necessidades.

Fernando trabalha sem wifi, por isso pode utilizá-lo em casa sempre que quiser. Pode manter o seu cérebro activo e estimular as funções cognitivas que também são estimuladas durante a remediação cognitiva.

Outros artigos que podem interessar-lhe: