Rate this post

 

 

As actividades no EHPAD (estabelecimento para idosos dependentes) têm um impacto significativo na qualidade de vida dos residentes. A animação pode assumir diferentes formas, tanto actividades colectivas como individuais. Ambas as formas têm vantagens e desvantagens, e a escolha depende das necessidades e preferências dos residentes.

 

 

Actividades de grupo 

 

 

A animação colectiva é uma actividade oferecida a um grupo de residentes. Esta forma de entretenimento pode ser muito estimulante para os residentes, uma vez que lhes permite socializar e interagir com outros. As actividades de grupo também podem ajudar a criar um sentido de comunidade e a reforçar os laços entre os residentes. As actividades de grupo podem assumir muitas formas, desde jogos de tabuleiro a exercícios de grupo, oficinas criativas e saídas culturais. Os facilitadores trabalham frequentemente com os residentes para conceber actividades que são adaptadas aos seus interesses e nível de mobilidade.

O entretenimento de grupo no EHPAD tem muitas vantagens para os residentes. Alguns dos benefícios mais importantes são

  • Promoção da socialização: As actividades de grupo permitem aos residentes socializar e interagir com os outros. Isto pode ajudar a reduzir o isolamento e a solidão, que são problemas comuns entre as pessoas mais velhas.
  • Estimular a cognição: As actividades de grupo podem ajudar a estimular a cognição dos residentes, envolvendo-os em actividades intelectualmente estimulantes, tais como jogos de tabuleiro ou discussões de grupo. Isto pode ajudar a melhorar a memória, a concentração e o pensamento crítico.

 

  • Reforçar o sentido de comunidade: As actividades de grupo podem ajudar a reforçar o sentido de comunidade no EHPAD. Os residentes podem sentir-se mais ligados uns aos outros, o que pode ajudar a criar um ambiente mais positivo e agradável para todos.
  • Incentivar a participação: As actividades de grupo podem encorajar os residentes a participar em actividades que de outra forma não poderiam fazer. Isto pode ajudar a manter um elevado nível de actividade física e mental, o que pode ter efeitos benéficos na saúde e bem-estar em geral.
  • Oferecer uma variedade de actividades: As actividades de grupo podem oferecer uma grande variedade de actividades para os residentes, o que pode ajudar a manter o seu interesse e motivação. Os facilitadores podem oferecer actividades diferentes para assegurar que cada residente encontre algo que lhe convenha.
Ehpad Concours Animation Maison De Retraite, DYNSEO
  • Em suma, a animação de grupo pode oferecer muitos benefícios aos residentes da EHPAD, incluindo a promoção da socialização, o estímulo da cognição, o reforço do sentido de comunidade, o incentivo à participação e a oferta de uma variedade de actividades. No entanto, é importante encontrar um equilíbrio entre actividades de grupo e actividades individuais para satisfazer as necessidades e preferências de cada residente.

Contudo, o entretenimento de grupo pode não ser adequado para todos os residentes. Alguns podem ser intimidados por grandes grupos ou podem preferir actividades mais silenciosas e individualizadas.

 

 

Animação individual 

 

A animação individual é uma actividade oferecida a um único residente. Esta forma de entretenimento pode ser muito benéfica para os residentes que têm necessidades especiais ou que preferem actividades mais calmas e íntimas. As actividades individuais também podem ser adaptadas à mobilidade e aos interesses específicos de um residente.

As actividades individuais podem incluir leitura, jogos da memória, conversas ou caminhadas. Os facilitadores podem trabalhar com os residentes para conceber actividades que satisfaçam as suas necessidades e preferências.

A animação individual no EHPAD também tem muitas vantagens para os residentes. Alguns dos benefícios mais importantes são

  • Adaptação das actividades às necessidades e preferências individuais: As actividades individuais podem ser adaptadas às necessidades e preferências individuais de cada residente, o que pode ajudar a assegurar que cada residente receba uma atenção personalizada adaptada às suas necessidades.
  • Proporcionar sossego e privacidade: As actividades individuais podem proporcionar sossego e privacidade, o que pode ser importante para alguns residentes que preferem actividades mais calmas ou que têm problemas de saúde mental ou emocional.

 

  • Incentivar a interacção individual: As actividades individuais podem incentivar a interacção individual entre o residente e o facilitador, o que pode ajudar a reforçar a relação entre os dois e proporcionar uma experiência mais personalizada e positiva para o residente.
  • Prestação de cuidados personalizados: As actividades individuais podem permitir ao facilitador prestar cuidados personalizados, tais como massagens ou tratamentos de bem-estar, que podem ajudar a melhorar a saúde e o bem-estar do residente.
  • Adaptar as actividades às necessidades de saúde: As actividades individuais podem ser adaptadas às necessidades de saúde individuais de cada residente, o que pode ajudar a assegurar que cada residente receba os cuidados adequados às suas necessidades específicas.
animação individual no ehpad

Em suma, a animação um-a-um pode oferecer muitos benefícios aos residentes da EHPAD, incluindo actividades de adaptação às necessidades e preferências individuais, proporcionando momentos de silêncio e privacidade, encorajando a interacção um-a-um, proporcionando cuidados personalizados e adaptando as actividades às necessidades individuais de saúde. No entanto, é importante encontrar um equilíbrio entre actividades de grupo e actividades individuais para satisfazer as necessidades e preferências de cada residente.

Contudo, a facilitação individual pode ser mais dispendiosa em termos de tempo e recursos do que a facilitação em grupo, uma vez que requer mais pessoal e interacção individual.

 

A tendência digital nas actividades 

 

 

A utilização de animações digitais chave na mão permite aos animadores no EHPAD poupar tempo na preparação e implementação de actividades para os residentes. De facto, estas animações estão muitas vezes prontas a usar, com conteúdo interactivo, folhas de animação, materiais e equipamento de comunicação fornecidos pelas empresas que as oferecem. Isto permite aos animadores concentrarem-se no que é essencial: acompanhar e supervisionar os residentes durante as actividades. Além disso, as animações digitais podem ser reutilizadas várias vezes, com variações possíveis para adaptar a actividade às necessidades e interesses dos residentes. Esta optimização do tempo de preparação e animação pode contribuir para melhorar a qualidade de vida dos residentes, oferecendo-lhes actividades mais variadas e regulares, sem sobrecarregar os animadores responsáveis pela sua organização.

 

Para além da evidente poupança de tempo que os facilitadores experimentam com estas novas tecnologias, eles também estão satisfeitos por terem ferramentas gratificantes e inovadoras. Isto também permite que os cuidadores assumam a animação.

 

JOE

Um programa de mais de 30 jogos cognitivos para seniores independentes (questionários de conhecimentos gerais, jogos sobre geografia, história, literatura, ….)

Em grupo ou individualmente

Fernando App Memória Sênior Alzheimer Coach Educação Jogo Para Adulto, DYNSEO

CARMEN

Um programa de mais de 30 jogos cognitivos para idosos em lares de terceira idade (questionários de conhecimentos gerais, jogos de música, jogos sobre provérbios, receitas de culinária, … )

Em grupo ou individualmente

Carmen App Memória Senior Alzheimer Coach Educação Jogo Para Adulto, DYNSEO

Tecnologia digital, uma ferramenta prática para os prestadores de cuidados envolvidos na facilitação

 

Em muitos estabelecimentos EHPAD, os prestadores de cuidados são cada vez mais solicitados a participar em actividades de entretenimento, particularmente aos fins-de-semana. Este desenvolvimento responde à procura crescente dos residentes por actividades variadas e regulares, mas também às dificuldades encontradas no recrutamento de líderes qualificados. Os prestadores de cuidados estão frequentemente na vanguarda da organização e facilitação de actividades, uma vez que conhecem bem os residentes e as suas necessidades. Contudo, este maior envolvimento dos prestadores de cuidados na animação pode colocar problemas de organização, formação e carga de trabalho. De facto, os prestadores de cuidados têm frequentemente de conciliar a sua missão principal de cuidar dos residentes com o seu papel de animadores, sem ter qualquer tempo extra para preparar e supervisionar as actividades. A tecnologia digital é muito útil, porque podem projectar um quiz, um jogo de geografia, um jogo de carrasco num grande ecrã e organizar esta animação em 30 segundos.

 

Groupe Ehpad Maison De Retraite Top Culture Concours Seniors, DYNSEO

Os prestadores de cuidados estão geralmente interessados em participar neste tipo de missão, o que muda a sua rotina diária. No entanto, é essencial encontrar o equilíbrio certo entre a participação dos cuidadores na animação e o respeito da sua missão principal de cuidar dos residentes.

Contudo, é importante notar que a utilização da tecnologia digital no EHPAD também pode apresentar desafios, tais como a formação de facilitadores, acessibilidade para residentes com problemas de visão ou audição, e a necessidade de equilibrar a utilização da tecnologia digital com a interacção social face-a-face.

 

 

A formação necessária do pessoal em animação digital

 

A formação do pessoal em animação digital é essencial para garantir a qualidade das actividades oferecidas aos residentes no EHPAD. Os facilitadores precisam de ser treinados na utilização de ferramentas digitais e na facilitação online, para que possam oferecer actividades adaptadas às necessidades e capacidades dos residentes. A formação deve ser contínua, uma vez que as tecnologias estão a mudar rapidamente, e adaptada às diferentes competências e experiência dos facilitadores. É importante oferecer formação prática, que permita aos facilitadores familiarizarem-se com as ferramentas digitais e utilizá-las de forma criativa. A formação deve também incluir módulos sobre segurança de dados, protecção da privacidade e prevenção de riscos relacionados com a utilização da tecnologia. Finalmente, a formação de líderes de actividade deve ser integrada numa abordagem global para melhorar a qualidade de vida dos residentes no EHPAD, com o objectivo de promover o seu bem-estar e realização. Ao proporcionar formação de qualidade aos facilitadores, as instalações podem melhorar a qualidade das suas actividades de facilitação, aumentar a participação dos residentes e contribuir para o seu desenvolvimento pessoal.

A tecnologia digital como ferramenta para fomentar o espírito de equipa entre os residentes

 

A tecnologia digital pode ser utilizada no EHPAD para fomentar o espírito de equipa entre os residentes. Ferramentas digitais, tais como comprimidos e computadores, permitem aos residentes comunicar uns com os outros, partilhar ideias e cooperar em projectos conjuntos. Por exemplo, algumas instalações criaram clubes de escrita onde os residentes escrevem histórias em conjunto, utilizando ferramentas colaborativas online. Outros organizaram jogos online, tais como torneios de jogos de vídeo, que permitem aos residentes jogar em conjunto e apoiarem-se uns aos outros. Ao utilizar a tecnologia digital de forma lúdica e participativa, os residentes podem reforçar o seu espírito de equipa e coesão, o que contribui para melhorar a sua qualidade de vida na EHPAD. Além disso, esta utilização da tecnologia digital pode permitir aos residentes aprender novas tecnologias, manter a sua autonomia e independência, e manter-se em contacto com o mundo exterior. Por conseguinte, é importante promover a utilização da tecnologia digital no EHPAD, assegurando que é acessível a todos os residentes e oferecendo apoio adequado.

Por exemplo, o concurso Top Culture é um verdadeiro momento unificador para os residentes.

 

A tendência da realidade virtual nas animações 

 

A realidade virtual é uma tendência que começa a surgir no EHPAD, oferecendo uma nova forma de animação para os residentes. Utilizando auscultadores de realidade virtual, os residentes podem ser transportados para ambientes virtuais imersivos, tais como museus, parques naturais ou cidades históricas. A realidade virtual também pode ser utilizada para actividades de estimulação cognitiva, tais como jogos de memória ou exercícios de concentração. As vantagens da realidade virtual nos lares de idosos são numerosas, pois permite aos residentes descobrir novos horizontes, estimular a sua imaginação e escapar à sua vida quotidiana. Além disso, a realidade virtual pode ajudar a reduzir o isolamento social, encorajando a interacção entre residentes e facilitadores durante as sessões de animação. Embora a realidade virtual ainda não esteja generalizada nos lares de idosos, representa um caminho promissor para diversificar as actividades oferecidas aos residentes.

 

Outros artigos que lhe possam interessar: