Autismo e irmãos: Como apoiar os irmãos e irmãs de crianças autistas

Rate this post

O autismo é uma perturbação do desenvolvimento que afecta a comunicação e a interação social. As crianças com autismo têm frequentemente necessidades específicas de apoio e cuidados. No entanto, também é importante reconhecer o papel crucial dos irmãos na vida de uma criança com autismo. Os irmãos podem desempenhar um papel essencial no apoio e desenvolvimento das crianças com autismo. Este artigo explora a forma de apoiar os irmãos de crianças com autismo para promover relações familiares positivas e equilibradas.

Os irmãos de crianças com autismo podem enfrentar desafios únicos. Podem sentir-se preocupados, confusos ou frustrados com o comportamento e as necessidades especiais do seu irmão ou irmã autista. No entanto, também têm um potencial incrível para apoiar, ensinar e promover a inclusão do seu irmão ou irmã autista.

Quando uma criança é diagnosticada com autismo, isso pode ter um impacto em toda a família. Os irmãos podem encontrar-se numa posição delicada, tentando compreender e adaptar-se às necessidades específicas do seu irmão ou irmã autista. Podem ter sentimentos de confusão, frustração, raiva, tristeza ou isolamento. É por isso que é essencial dar apoio adequado aos irmãos e irmãs de crianças autistas para os ajudar a navegar nesta realidade complexa.

Apoio à família

 

O apoio familiar desempenha um papel central no bem-estar dos irmãos de crianças com autismo. Eis algumas estratégias para te dar o apoio adequado:

 

Comunicação aberta e honesta

Incentiva a comunicação aberta e honesta no seio da família. É importante que os irmãos possam exprimir os seus sentimentos, preocupações e necessidades. Mantém conversas regulares em família para discutir os desafios específicos do autismo e encontrar soluções em conjunto.

Sensibilização e educação

Informa os irmãos e irmãs sobre o autismo. Explica as características e os comportamentos associados ao autismo, bem como as diferentes formas de apoiar o seu irmão ou irmã com autismo. A educação promove a compreensão e a empatia, reforçando os laços familiares.

Pode ser benéfico convidar profissionais de saúde especializados em autismo para fornecer informações adicionais e responder a quaisquer perguntas que os irmãos possam ter. Isto permitirá que as crianças compreendam melhor a doença e desenvolvam estratégias para interagir com o seu irmão autista.

 

Tempo individual

Dá tempo individual a cada um dos membros da família, incluindo a criança autista. É importante reconhecer e responder às necessidades individuais de cada criança. Isto permitirá que os irmãos estabeleçam uma relação individual com o seu irmão ou irmã autista e se sintam valorizados e apoiados.

 

Actividades familiares

Organiza actividades familiares que permitam que todos os irmãos se divirtam e se relacionem uns com os outros. Escolhe actividades adaptadas aos interesses e capacidades de cada criança. As actividades recreativas em família reforçam os laços e promovem relações positivas entre os irmãos.

 

O papel dos irmãos na educação e no desenvolvimento

 

Os irmãos podem desempenhar um papel importante na educação e no desenvolvimento das crianças com autismo. Eis algumas das formas como podem contribuir:

Incentivar a inclusão

Incentiva a inclusão, envolvendo os irmãos no processo educativo da criança autista. Pede-lhes que ajudem nas actividades de aprendizagem, nos jogos interactivos e nos exercícios de comunicação. Isto permite que os irmãos sejam activos no apoio ao seu irmão ou irmã autista, reforçando a sua relação e promovendo o seu desenvolvimento.

 

Incentivar actividades partilhadas

Organiza actividades partilhadas entre irmãos e irmãs, tendo em conta os interesses e as capacidades de cada um. As actividades partilhadas reforçam os laços entre os irmãos e incentivam a cooperação e a aprendizagem mútua.

toucan-box-toucanbox-top-presente-5-6-anos-ideias-presente-desportos-desportos-top-conselho-extraordinário-natal-desportos-fitness-crianças-adultos-crianças-super-coco

Valoriza as realizações individuais

Reconhece e valoriza as realizações individuais de cada irmão. Celebra os progressos e os êxitos de todos de forma justa.

 

Promover a cooperação e a ajuda mútua

 

Incentiva a cooperação e o apoio mútuo entre os irmãos. Promove a compreensão mútua e incentiva-os a trabalhar em conjunto para ultrapassar os desafios do dia a dia. Isto reforça o sentimento de pertença e fortalece os laços familiares.

O apoio aos irmãos e irmãs de crianças autistas é essencial para promover relações familiares harmoniosas. Ao proporcionar um apoio familiar adequado, encorajar uma comunicação aberta e honesta, promover a inclusão e valorizar as realizações individuais, podemos criar um ambiente positivo para todos os membros da família. O papel dos irmãos na vida de uma criança com autismo é inestimável e, ao oferecer-lhes o apoio de que necessitam, contribuímos para o seu desenvolvimento pessoal e para o reforço dos laços familiares.

COCO PENSA e COCO SE MEXE, jogos educativos e desportivos

Atualmente, FERNANDO é uma aplicação utilizada por crianças autistas em casa ou com um profissional de saúde, que pode ser um terapeuta da fala, um terapeuta ocupacional, um psicólogo ou um terapeuta psicomotor. Todos os profissionais que subscrevem a Fernando podem beneficiar de uma plataforma de monitorização do desempenho baseada na Web. Assim, é possível ver como as pessoas com autismo estão a evoluir e a melhorar, e personalizar os seus cuidados.

A Fernando vai contigo para todo o lado, porque a aplicação não precisa de Wi-Fi para funcionar – só precisas dele para as actualizações.

cocoetcocosport-coco-app-criança-educacional-educacional-crianças-lúdico-cultural-jogos-jogo-aplicação-cerebral-tablet-smartphone-

AS PAUSAS DESPORTIVAS SÃO BENÉFICAS PARA AS CRIANÇAS AUTISTAS

COCO PENSA e COCO SE MEXE também incluem actividades físicas. A cada 15 minutos de tempo de ecrã, a aplicação pára e oferece às crianças jogos físicos.

Esta pausa desportiva tem vários benefícios para as crianças, especialmente as que sofrem de autismo.

A utilização de ecrãs é muito útil e adorada pelas crianças, mas a utilização prolongada pode tornar-se negativa. Com Coco, as crianças podem fazer uma pausa dinâmica, aprendendo a largar o tablet e a praticar uma atividade física, ao mesmo tempo que se divertem.

Todas as actividades físicas são concebidas a pensar nas crianças. Através de jogos de equilíbrio e dança, as crianças aprendem a compreender o seu corpo e a adaptar-se ao seu ambiente. Para crianças com autismo, isto pode ser muito útil para melhorar os padrões motores conhecidos e melhorar a auto-perceção (especialmente quando há hipo ou hipersensibilidade).

Em Coco, há também o jogo “mímica de uma emoção”, em que a criança tem de reproduzir a emoção mostrada no ecrã por Coco. As crianças podem primeiro aprender a dar um nome às suas emoções, a reconhecê-las em si próprias e depois nos outros. Além disso, há uma descrição áudio no jogo que explica a emoção e o que sentes no teu corpo.

Na nossa aplicação educativa FERNANDO, também podes aprender a reconhecer as tuas emoções com o jogo “Mímica das emoções”, na secção FERNANDO. Ao clicares no ponto de interrogação, podes aprender sobre as diferentes emoções para as reconheceres mais facilmente.

Este jogo para imitar emoções também pode ser utilizado como pausa, a cada 15 minutos de tempo de ecrã. A cada 15 minutos, as crianças são convidadas a escolher uma atividade física para uma pausa ativa. E até podes fazer mímica das emoções na altura!

tablet-coco-desporto-educação-positiva-aprendizagem-brincadeira-parentalidade-crianças-felizes-crianças-actividades-crianças-jogos-educacionais-controlo-parental-dynseo

Na nossa aplicação educativa FERNANDO, também podes aprender a reconhecer as tuas emoções com o jogo “Mímica das emoções”, na secção FERNANDO. Ao clicares no ponto de interrogação, podes aprender sobre as diferentes emoções para as reconheceres mais facilmente.

Este jogo para imitar emoções também pode ser utilizado como pausa, a cada 15 minutos de tempo de ecrã. A cada 15 minutos, as crianças são convidadas a escolher uma atividade física para uma pausa ativa. E até podes fazer mímica das emoções na altura!

A SURPRESA

Surpresa significa seres surpreendido por um momento, uma pessoa ou um objeto. Como um presente inesperado!

Quando te surpreendes, abres bem a boca e os olhos.

A CONFUSÃO

A confusão é a perda de ideias devido a um acontecimento, por exemplo. Podes dizer mal o nome de alguém ou de alguma coisa.

Para imitar a confusão, abre bem os olhos, faz um grande som de “Hoo” com a boca e levanta as sobrancelhas.

INSPIRAÇÃO

A inspiração é a nossa capacidade de imaginar e criar coisas como desenhos, poemas e histórias.

Para nos inspirarmos, semicerramos os olhos, coçamos ligeiramente a cabeça com um sorriso e fingimos pintar, escrever ou desenhar.

A AFECÇÃO

Afeto significa ser tocado, ter pensamentos positivos para um amigo, familiar ou animal de estimação.

 

Aqui, sorrimos, pensamos nos bons momentos, podemos dar abraços e beijos uns aos outros e podemos dizer aos nossos amigos que gostamos deles.

.

ENNUI

O tédio está presente quando nos encontramos numa situação que não nos interessa. Não queres ouvir a pessoa que está à tua frente ou não queres fazer alguma coisa.

Para o tédio, sopramos com força, olhamos para cima e para os lados.

DOR

A dor é uma sensação desagradável que pode doer. Um acidente pode provocar dores físicas. A dor também pode ser um sentimento de falta de alguém ou de alguma coisa ou de tristeza.

Para exprimir a dor, erguemos as sobrancelhas, semicerramos os olhos e fazemos uma careta com o rosto.

Descobre a aplicação

COCO PENSA e COCO SE MEXE ©

cocoetcocosport-coco-app-criança-educacional-educacional-crianças-lúdico-cultural-jogos-jogo-aplicação-cerebral-tablet-smartphone-

Apoio às crianças com autismo

Outros artigos que te podem interessar: