Rate this post

Os puzzles são muito mais do que um mero passatempo. Oferecem muitos benefícios para os idosos, tanto a nível mental como físico. Neste artigo, exploramos os benefícios dos puzzles para os idosos e a forma como podem ajudar a estimular a mente e a melhorar a coordenação. Quer seja um sénior à procura de uma actividade gratificante ou um familiar que pretende encorajar um parente idoso, os puzzles podem ser uma excelente opção.

Estimulação cognitiva e mental

 

Os puzzles exigem concentração mental e atenção sustentada, o que ajuda a estimular as capacidades cognitivas dos idosos. Trabalhando num puzzle, têm de analisar, resolver problemas e usar a sua memória e lógica. Esta estimulação cognitiva pode ajudar a manter e a melhorar as faculdades mentais dos idosos, nomeadamente a sua capacidade de raciocínio, a sua memória de curto prazo e o seu pensamento lógico.

Melhorar a coordenação e as capacidades motoras finas

 

Manipular as peças do puzzle ajuda a melhorar a coordenação e as capacidades motoras finas dos idosos. Têm de agarrar e colocar as peças com precisão, o que exige muito dos seus músculos e articulações. Esta actividade pode ser particularmente benéfica para pessoas idosas com problemas de destreza ou coordenação. Ao jogar puzzles regularmente, os idosos podem reforçar a sua coordenação mão-olho e manter a sua agilidade física.

 

Redução do stress e da ansiedade

 

Os puzzles são uma actividade relaxante e calmante para muitas pessoas idosas. Ao concentrarem-se na montagem das peças, podem descontrair-se e desligar-se das preocupações quotidianas. Esta imersão na actividade pode ajudar a reduzir o stress, a ansiedade e os sentimentos de solidão. Os puzzles também proporcionam uma sensação de realização à medida que as peças se vão juntando, o que pode aumentar a auto-estima e o bem-estar emocional.

 

Treino da memória e da resolução de problemas

 

Os puzzles desafiam a memória dos idosos, pedindo-lhes que se lembrem de formas, cores e padrões para encontrarem as correspondências correctas. Isto pode ser particularmente benéfico para pessoas com problemas de memória, como a doença de Alzheimer. Os puzzles são uma forma divertida de manter a memória afiada e reforçar as ligações cerebrais. A resolução de um puzzle também estimula as capacidades de resolução de problemas, encorajando os idosos a encontrar estratégias e abordagens para ultrapassar os desafios colocados pelo puzzle.

Actividade social e partilha de experiências

 

Os puzzles podem ser uma actividade social, oferecendo aos idosos a oportunidade de se reunirem, colaborarem e partilharem experiências. Os puzzles de grupo incentivam a interacção social, a conversa e a criação de laços. Isto pode ser particularmente benéfico para os idosos que se sentem isolados ou têm dificuldade em envolver-se socialmente. Os puzzles proporcionam uma actividade partilhada e uma conversa informal, o que pode melhorar o bem-estar emocional e o sentimento de pertença.

 

Escolher os puzzles certos para os idosos

 

É essencial escolher puzzles que se adaptem às capacidades e interesses dos idosos. Eis algumas dicas para seleccionar os puzzles certos:

 

  1. Nível de dificuldade: Escolha puzzles com um nível de dificuldade adequado. Comece com puzzles mais simples e aumente gradualmente a complexidade à medida que as capacidades dos idosos melhoram.
  2. Tema e interesses: Tenha em conta os interesses pessoais dos idosos ao escolher os puzzles. Imagens familiares e apelativas podem aumentar o seu interesse e motivação.
  3. Tamanho das peças: Certifique-se de que as peças são suficientemente grandes e fáceis de manusear pelas mãos dos idosos. As peças mais grossas e maiores proporcionam-lhe uma melhor aderência.
  4. Materiais duráveis: Escolha puzzles feitos de materiais duráveis e resistentes. Isto assegurará a sua longevidade e facilitará a sua limpeza.
tablet-fernando-puzzle-foto-jogos-treinocerebral-fun├º├Áescognitivas-adulto-aplica├º├úo

Se seguir estas dicas, pode oferecer aos idosos uma experiência de puzzle agradável e adaptada às suas necessidades.

Os puzzles são muito mais do que um simples jogo. Oferecem uma série de benefícios para os idosos, incluindo estimulação mental, melhor coordenação, redução do stress e treino da memória. Os puzzles também incentivam a actividade social e a partilha de experiências. Ao escolher puzzles adaptados às capacidades das pessoas idosas, pode oferecer-lhes uma actividade divertida e gratificante.

Não se esqueça de tornar os puzzles uma parte regular da rotina diária dos seus idosos, para que possam usufruir de todos os benefícios. Incentive-os a participar em puzzles individuais ou em grupo, conforme preferirem. Os puzzles podem ser uma excelente actividade para estimular a mente, melhorar a coordenação e promover o bem-estar das pessoas idosas.

Uma aplicação à medida: EDITH

 

Um programa de treino cerebral com mais de 30 jogos de memória para pessoas com perturbações cognitivas leves a graves, tais como a doença de Alzheimer, a doença de Parkinson e outras doenças neurodegenerativas.

 

  • Uma interface simples,
  • 3 níveis de dificuldade por jogo,
  • Não é necessário WiFi

 

Experimente a aplicação gratuitamente durante 1 semana, em todos os comprimidos Android e Apple!

Outros artigos que lhe possam interessar: