A MEMÓRIA SEMÂNTICA

 

Cerveau Mémoire

A memória semântica

 

A memória semântica trata do conhecimento do mundo e da linguagem. Com a memória semântica podemos lembrarmo-nos por exemplo, do número de dias numa semana e quais são eles

A memória semântica está implicada na memorização dos nossos conhecimentos sobre o mundo, é a nossa “enciclopédia mental”.
Ela acumula as palavras, as ideias e os conceitos. A memória semântica é a memória a longo prazo, uma vez que temos adquirido conhecimentos, estes podem ser mantidos durante muito tempo.

Esta memória rege a nossa relação com o ambiente porque armazena :

  • Os nomes de objetos
  • As funções dos objetos, com as características que os distinguem e a utilização
  • Os nomes de conceitos abstratos
  • Ss conhecimentos gerais

A memória semântica funciona por combinação de categorias

 

O nosso cérebro pode tratar informações armazenadas na memória semântica. Isso permite criar associações entre os nossos conhecimentos e de perceber o mundo ou de fazer reflexões mais complexas. Aqui tem um exemplo de processo automático que podemos ter graças a memória semântica :

  • Um gato é um felino,
  • Um felino é um animal,
  • Então um gato é um animal.

A memória semântica é, de uma certa forma, o dicionário dos nossos conhecimentos sobre o mundo, isto contrasta com a memória episódica, que trata de factos ou acontecimentos autobiográficos, ou seja, tudo o que nos diz respeito.

Catherine Meyer explica-nos mais sobre a memória semântica no seu livro “Os novos países. O que sabemos hoje do espírito humano”.

Qual é a diferença entre a memória qualificada como semântica e a memória episódica ?

Foi o Endel Tulving, em 1972, que propôs de distinguir dois tipos de memória

  • A memória episodica
  • A memòria semantica

Uma é a memória da experiência, dos acontecimentos da nossa vida, uma espécie de memória biográfica. A outra é a memória dos conhecimentos e dos fatos gerais.

Para usar um exemplo que Tulving cita frequentemente, usamos a nossa memória semântica quando dizemos que Paris é a capital da França, e a nossa memória episódica quando recordamos a nossa viagem a Paris de férias e a visita à Torre Eiffel…

Hoje, a maioria dos cientistas aceitaram a teoria da memória episódica.  Depois de sofrer certas lesões cerebrais, pode-se ser privado de memória episódica: pode-se realizar novas aprendizagens, podemos então criar novas lembranças, embora com dificuldade, mas não podemo-nos lembrar da origem dessas aprendizagens. Foi o caso de um paciente que veio à clínica de Tulving para tratamento. Foram-lhe ensinadas certas informações, tais como “o sol derrete o asfalto”. No final das sessões foi-lhe feita a pergunta “O que é que o sol derrete?” e ela respondeu “Asfalto”. Mas quando lhe perguntaram como é que ela sabia disso, descobriu-se que não fazia ideia de como o tinha aprendido.

 

As perturbações da memória semântica

Após um acidente, um trauma ou ainda uma doença, é possível ter uma alteração da memória semântica. Podemos ter dificuldades em aprender novos conceitos ou encontrar as palavras certas.

  • Demência semântica : neste caso há uma dificuldade em compreender o significado de um conceito, em encontrar o seu significado. Por outro lado, é fluido quando se trata de seguir um padrão (se tenho problemas de visão, vou ao oftalmologista).
  • Lesões no córtex pré-frontal : Neste caso, a pessoa é capaz de perceber todas as palavras que ouve e dar o significado correto. Mas não consegue estabelecer ligações entre conceitos e criar ou seguir padrões.
  • Doença de Alzheimer : Um dos primeiros sintomas da doença de Alzheimer é o esquecimento das palavras. A memória semântica é afectada por esta doença e este pode ser um dos primeiros sintomas que leva a um diagnóstico precoce. O reconhecimento precoce dos sintomas da doença de Alzheimer pode ajudar a apoiar melhor as pessoas com Alzheimer durante o curso da doença.

 

Exercícios para treinar e melhorar a sua memória semântica

A memória semântica é uma função cognitiva que podemos melhorar todo ao longo da nossa vida. Podemos treinar de forma preventiva mas podemos igualmente recuperar habilidades perdidas depois de uma doença.

  • Aprender novas línguas ou viajar : aprender novas línguas pode ajudar a descobrir novas palavras e fazer associações que mantêm o cérebro ativo. O fato de viajar, por exemplo, pode permitir ao cérebro de descobrir conceitos, culturas, pessoas, de memorizar e criar laços. Aprender uma nova língua é mais fácil quando somos jovens, mas viagens são adaptadas e úteis para qualquer idade mas igualmente para quem tenha uma doença.
  • Ler : ler livros pode ser útil para aprender novas palavras ou para recordar-se daquelas que já conhecemos. Também, ler jornais é bastante aconselhado para treinar a memória semântica.
  • Utilizar aplicações de treino da memória semântica : existem diferentes tipos de aplicações que podem ser utilizadas. Há aplicações de palavras-cruzadas ou ainda outras como os programas da DYNSEO, Fernando e Carmen, que propõem atividades diversificadas e divertidas para trabalhar várias funções cognitivas, tal como a memória semântica.

 

 

Os nossos jogos para trabalhar a memória semântica

Jeux Pedagogiques Ecole Primaire Coco Pense Et Coco Bouge
  • Carta sobre data
  • Caça ao intruso
  • Quizz
  • Ouvido musical
  • Provérbios
Jeux De Memoire Dynseo Edith Seniors Alzheimer Personnes Agees
  • Carta sobre data
  • Caça ao intruso
  • Quizz
  • Ouvido musical
  • Provérbios
Joe Coach Cerebral Entrainement Cerebral Et Memoire
  • Carta sobre data
  • Caça ao intruso
  • Quizz
  • Ouvido musical
  • Provérbios

Caça ao intruso

Neste jogo, tem de encontrar o intruso entre as 4 palavras propostas.Com essa atividade, pode estimular-se a memória semântica como é necessário perceber as palavras e encontrar os significados. Além disso, para encontrar o intruso, é preciso encontrar uma associação, com uma categoria entre 3 palavras. Com esse jogo, trabalha-se o sentido do conceito ao mesmo tempo que a criação de esquemas mentais.

 

Chasse A Lintrus Tablette 1

 

Quizzle

Dans ce jeu, vous devez répondre à des questions de culture générale. 

Grâce à ce jeu, la personne stimule la recherche d’une connaissance. On fait donc travailler la compréhension des mots, mais aussi le suivi d’un schéma pour chercher la bonne réponse. Si vous ne connaissez la bonne réponse, vous pouvez aussi utiliser la mémoire sémantique pour écarter les mauvaises réponses  et trouver la bonne, grâce à la logique de l’exclusion.

Quizzle Jeux Adaptes Sans Mise En Echec EHPAD Trouble De La Memoire Alzheimer Seniors Interaction Sociale Memoire De Sequencage Logique

 

Poème perdu 

Dans ce jeu, vous devez lire un poème et, successivement,  vous  rappelez des mots manquants. 

Comme on l’a vu précédemment, la lecture stimule la mémoire sémantique donc ce jeu est très adapté. Dans cette activité, vous devez non seulement lire et comprendre le texte, mémoriser les mots et aussi aller chercher dans votre vocabulaire. 

Le Poeme Perdu Jeux Adaptes Sans Mise En Echec Organisation Memoire A Long Terme Trouble De La Memoire Alzheimer Stade 2 Interaction Sociale Mob

Testez gratuitement notre programme d’entraînement cérébral JOE